terça-feira, 10 de novembro de 2009

Buraco Negro

Nesse vão
tudo é vão
até os planetas vão.

Tudo é justo,
nada sobra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário